O Avental Vermelho

O Avental Vermelho

by Elizabeth Challinor

Quando quero comer

Cachupa

Moamba de galinha

Apanho o elevador

Já me chegam as 100 escadas

Do quinto andar

Para atravessar a linha de comboio

E aterrar

No Nelson

Ao son de Ildo Loba

Cesárea Evora

Conversas e animação

Mergulho na gastronomia africana

E sinto

O pulsar de comunidade

Era para ficar por aqui

Mas de repente apareceu

A cozinheira Luísa

Com o seu avental

Eu sou uma festa!

E o poema

Bem podia continuar

Ao ver um homem e uma criança dançar

Mas eu já estava de saída

Com o avental vermelho

Estampado na minha alma

Elizabeth Challinor